domingo, julho 08, 2007

As novas 7 Maravilhas

E, chegado o dia 7/7/2007, ficámos a saber quais as novas 7 Maravilhas. Do Mundo; De entre os 20 finalistas, foram escolhidas as seguintes 7: (infelizmente a tacanhez dos dirigentes Egipcios levou à retirada das Pirâmides de Gizeh de entre os locais elegíveis; "Não precisamos de publicidade para termos turistas") A Grande Muralha da China, o Taj Mahal, na Índia, o Cristo Redentor, no Brasil, Petra, na Jordânia, a estátua de Cristo Redentor, no Brasil, a cidade inca Machu Picchu, no Peru, a pirâmide de Chichén Itzá, no México e o coliseu de Roma. Votei em em quatro. :-) De Portugal. De entre os 21 finalistas, foram votadas as seguintes 7: Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro dos Jerónimos, Palácio da Pena, Mosteiro da Batalha, Castelo de Óbidos, Torre de Belém e Castelo de Guimarães. Votei em quatro, também. :-) Agora vêm aí as 7 Maravilhas Naturais do Mundo. Locais como; Grand Canyon, nos EUA; Grande Barreira de Coral, na Austrália; Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, Brasil; Monte Everest, na divisa entre Nepal e China; Aurora boreal, na região polar do planeta; Vulcão Paricutín, no México; Cataratas Vitória (Victoria Falls), entre Zâmbia e Zimbábue. Floresta Amazônica, Brasil e partes dos países que se localizam na região Norte da América do Sul, irão estar entre os finalistas. Já estou curioso por seguir este novo projecto. :-)

2 comentários:

Miguelito disse...

Olha, eu também votei mas só acertei em três: Chichen Itzá, Coliseu e Taj Mahal. Destes, já tive o privilégio de ter visitado os dois primeiros.
(Também já estive no Alhambra de Granada e na Torre Eiffel mas estes tiveram azar e ficaram de fora.).

Já as maravilhas de Portugal são como as caches de Portugal: só uma a norte e fraquinha, ainda por cima: o Castelo de Guimarães. As outras seis entre Lisboa e Leiria. O argumento é mesmo, são lá que estão os votos. Custou-me que tenham ficado de fora Marvão, Monsaraz, o Palácio de Mateus e o paço de Vila Viçosa mas não me surpreendeu assim tanto.

Diamantino disse...

Dou comigo a ser cada vez menos democrata, aliás acho que as grandes decisões, a todos os níveis, são tomadas sem ser desse modo. Democracia, do modo como é praticada, acaba por ser um bombom envenenado. Mas isso são outras filosofias.

Só uma nota, a cena das pirâmides do Egipto não foi bem assim. Segundo quem esteve envolvido no processo, difícil segundo consta, as Pirâmides foram retiradas porque JÁ ERAM maravilhas do mundo. As únicas ainda existentes, mas já fazem parte da lista, por isso não teria grande sentido coloca-las a votação para integrar a lista da qual elas já faziam parte. Concordo. São maravilhas do Mundo por direito próprio e não por vontade actual.

Abraços