quarta-feira, março 07, 2007

A Gás

Deu na TV ontem e hoje na rádio uma reportagem sobre carros movidos a gás e híbridos (gás + electricidade). Referiram as diversas vantagens destacando; o benefício para o ambiente por ser uma combustível não poluente, o rendimento equivalente aos outros, a economia de combustível e das desvantagens apresentadas pela pouca autonomia e inexistente rede de reabastecimento que permita usar esses veículos tanto nas cidades grandes como nas estradas do interior. Esqueceram-se de referir outra desvantagem; a impossibilidade de estacionamento em locais fechados... Confesso que já me passou pela cabeça de que o meu próximo carro poderia ser movido a gás, ainda para mais agora que a tecnologia evoluiu e o rendimento deles é equivalente aos movidos a gasóleo. Mas, enquanto os principais obstáculos (rede de abastecimento e possibilidade de estacionamento em garagens/parques cobertos) não forem resolvidos, é difícil estes veículos começarem a ser encarados como uma verdadeira opção para todas a gente. É pena, especialmente para o Ambiente...

1 comentário:

Costa disse...

Ainda há obstáculos a vencer...

Para além da questão do estacionamento no caso do gás, outro "obstáculo", é no caso dos hibridos, o preço que não é nada atractivo, e estranhamente os modelos que conheço no mercado portugues, são da gama média, média/alta, não havendo nada na classe dos "citadinos".